≡  
07
out
2016

Marie Kondo está de volta. Pra quem ainda não ouviu falar do fenômeno, ela é uma organizadora profissional japonesa que escreveu o best seller A Mágica da Arrumação, que vendeu mais de 5 milhões de cópias pelo mundo. A obra ensina os leitores a usarem o método de organização desenvolvido por ela, o KonMari.

O método milagroso, que promete a organização definitiva da casa, tem regras diferentes do que pregam os métodos tradicionais de organização:

- Arrume por categoria, não por cômodo;

- Selecione o que vai manter, não aquilo que será descartado;

- Mantenha em sua casa somente o que te traz alegria;

- Siga a ordem das categorias: roupas, livros, papeladas e komono (itens de valor sentimental);

- Arrume a casa inteira em um só dia.

- Termine o descarte antes de começar a arrumação. Termine a arrumação antes de começar a limpar.

trinta-e-poucos-marie-kondo-isso-me-traz-alegria

Enquanto A Mágica da Arrumação (clique no título para ler a resenha aqui do blog) é focado na explicação do método KonMari, Isso me Traz Alegria é um guia prático. Nesse livro, Marie Kondo responde às perguntas mais comuns dos leitores e dá orientações práticas de como dobrar roupas e guardar todo tipo de pertence.

Confesso que não estava muito animada para ler esse livro. A Mágica da Arrumação é bacana, mas bem arrastado e repetitivo em alguns momentos. Quando vi o tamanho do livro Isso me Traz Alegria, imaginei um mundo de encheção de linguiça, explicações infinitas sobre a dobra perfeita. Eu estava enganada.

Isso me Traz Alegria mostra uma Marie Kondo em tons diferentes, mais leves. A autora e organizadora profissional, que está visivelmente mais madura, aperfeiçoa e flexibiliza o seu método. Mais do que um segundo livro que surfa no sucesso do anterior, ele é muito bem sucedido em humanizar o processo de organização, ao colocá-lo como uma forma de nos relacionarmos melhor com aquilo que possuímos.

Isso me Traz Alegria é uma fonte rica de reflexão sobre acúmulo e apego. Traçando um paralelo com a relação que temos com a nossa casa e a vida que levamos, o livro te incentiva a não deixar para depois a construção da casa e do estilo de vida que você sonha. O cuidado com as suas coisas vai refletir no cuidado que você tem consigo mesma.

A leitura de A Mágica da Arrumação me levou a fazer uma limpa no armário no ano passado (veja no post 2015 Aplicando a técnica KonMari na organização do armário). Como não segui a orientação da Marie Kondo de aplicar o método em toda a casa, ainda não consegui ter uma opinião definitiva sobre a eficácia do método. Isso me Traz Alegria me deixou inquieta, com vontade de ir além na arrumação da casa. Vou tentar e contarei aqui no que deu.

Nota - 8 - É um pouco cansativo em alguns trechos, mas é um livro incrível pra quem acredita na organização como uma maneira de transformação de vida.

Vai para - a estante. As técnicas de dobra são muito incríveis e me ajudaram a revolucionar o armário do marido. Fora que pretendo seguir muitas outras dicas, como as de organização da cozinha.

Dá só uma olhada em como ficou a gaveta de camisetas do Lipe:

trinta-e-poucos-isso-me-traz-alegria

Alguém aí já leu ?? Testou o método? Me conta nos comentários.

Comentários: 8

  • Sandra comentou em

    Amei esse comentário! "Isso me traz alegria" folhei a algum tempo e é exatamente como faço e por vezes me pego perguntando por que faço?
    Simplesmente a satisfação de olhar!!
    Assim Parabéns pelo armário do Filipe..uau, amei!

    Responder
    • Ka Alvera comentou em

      Tô conseguindo aplicar na casa toda aos poucos. Cheguei à conclusão de que a gente não pode passar a vida se matando pra comprar coisas que a gente vai gastar um tempo ou um dinheiro enorme pra manter limpas. Estou sentindo um prazer real em ver a minha casa mais organizada. Não só pela perfeição visual, mas por estar usando a organização pra torná-la mais funcional e prática pra nossa vida. Obrigada pelo comentário! Beijos

      Responder
  • Minha mãe leu a anos atrás um livro da Louise Ray que dizia que tudo aquilo que vc não usa em pelo menos 2 anos, é porque não vai ter fazer feliz ou "não te pertence". Então adotamos essa filosofia desde sempre!
    Sei que no momento atual, não é também para disperdiçar mas se algo não te serve mais e esta encalhado a muito tempo, tem mais é que fazer a energia fluir sempre.

    Bjão Karlinha e até mais!

    Responder
    • Ka Alvera comentou em

      Nossa, Pri, vou atrás desse livro já. Obrigada pela dica!! Acredito cada vez mais no poder do desapego, do minimalismo e da organização 🙂 Beijão e obrigada pelo comentário!

      Responder
  • Clarissa comentou em

    Oi Ka! Eu comprei o livro a mágica da arrumação quando li sua resenha. O resultado foi muito positivo, e essa coisa de mantermos somente o que nos traz alegria realmente tem efeito. Agora fiquei curiosa para ler esse outro livro, e tentar trazer ainda mais isso para o dia dia. Beijo grande. Clá

    Responder
    • Ka Alvera comentou em

      Oi, Cla!! Que bom te rever por aqui!! Então, comprei esse livro sem muitas expectativas, mas encontrei uma Marie Kondo mais madura, com dicas muito bacanas pra colocar o seu método em prática. Foi um livro que me deu uma vontade enorme de me dedicar mais pra deixar a minha casa como eu sonho. Me conta o que achou depois que ler, ok? Beijos

      Responder
  • Sandra comentou em

    Amei a reportagem!
    " Mantenha na sua casa somente o que te traz alegria"
    Realmente já melhorei muito e estou quase alcançando o método Konami, da Marie Kondo.
    Realmente parece que ficamos de alma lavada a partir do momento que colocamos em prática somente ter, o que usamos e o que nos traz alegria. Energias positivas e tudo arrumado!!!
    Valeu Karlinha, dica 10!!!

    Responder
    • Ka Alvera comentou em

      Uso a organização como calmante... Hahahahaha As energias ficam sempre melhores quando a gente cuida bem do que tem. O sentido da organização é esse, manter o que é útil e o que faz feliz, cuidar e valorizar nossos pertences. Beijos 🙂

      Responder

Instagram