≡  
27
ago
2016

Muito feliz de estar de volta com esse post que eu amo fazer. Na última terça-feira (24/08), eu fui até a C&A de Copacabana pra conhecer a coleção 70 anos de moda, da revista Elle para C&A. A ideia da coleção foi criar pretinhos básicos com os modelos mais marcantes de cada década, dos anos 40 aos 2000.

Trinta-e-Poucos-Elle-para-C&A

Já começo elogiando, achei o conceito muito bacana. Dessas peças “tem que ter” (coisa que eu nem acredito muito), um vestido preto bacana é realmente um grande curinga. Mudando os acessórios, você consegue produções pra diversas ocasiões.

Outro fator que me empolgou, antes mesmo de ir até a loja, foi o comprimento dos vestidos. Estamos num blog escrito por uma mulher de trinta e poucos anos. Longe de mim achar que existe qualquer restrição de roupa relacionada à idade, isso é ridículo. Mas eu fui ficando mais seletiva com o passar dos anos e o conforto virou o meu critério nº1. Acho que qualquer mulher fica mais bonita quando se sente confortável e o comprimento é um fator importante. Quer coisa pior do que sentar toda torta porque a saia é curta demais?

Enquanto o comprimento foi um fator que me deixou empolgada pra conhecer a coleção da Elle para C&A, dois fatores me deixaram com a pulga atrás da orelha: preço e qualidade das peças. Os preços dos vestidos variam entre R$ 159,90 e R$ 199,90 (vou mostrar com detalhes mais a frente). Achei os valores altos, considerando que todos eles foram feitos de tecido sintético. Sim, TODOS eles têm o poliéster como material predominante na composição.

Bom, vamos ao provador:

Trinta-e-Poucos-Elle-para-C&A-calça-cardigan-camiseta

Trinta-e-Poucos-Elle-para-C&A-camiseta

A coleção cápsula da Elle para C&A não tem só vestidos. O conceito de básicos também incluiu calça, cardigan e camisetas. A única camiseta que eu gostei foi essa da foto. A estampa ilustra bem a ideia da parceria. O tecido é viscose e o caimento é honesto pros R$ 39,99 cobrados. O cardigan é levinho, também feito de viscose, com toque gostoso, macio. O caimento é bem bonitinho. Minha única observação seria em relação aos botões, que imitam cristais. Eles me pareceram frágeis demais. Eu não sei se pagaria R$ 79,99 por ele. A calça é de poliéster, de um toque áspero. Achei o caimento ok. Só que acabei de comprar uma calça parecida na liqui da Zara, 100% algodão, corte impecável, pelos mesmíssimos R$ 99,99...

Trinta-e-Poucos-Elle-para-C&A-anos-40

Vamos na ordem crescente das décadas com os vestidos. Esse da foto representa a década de 40. Ele tem um drapeado no busto e uma manga bem feminina. Me surpreendi bastante com os tecidos no geral. Esse, por exemplo, parece um vestido de tecido leve, mas é pesado, com um caimento bem interessante. O toque é muito bom, macio, apesar de o tecido ser poliéster. Eu não achei um primor de acabamento, mas é interessante. O zíper, invisível, é bem difícil de fechar. Acho que os pontos que mais deverão ser considerados são: se o drapeado está bem feito; se não existe nenhum defeito, bico, na parte do zíper; e se você realmente amou, a ponto de pagar R$ 159,99. Esse que eu experimentei foi o número 40, a modelagem dele está pequena.

Trinta-e-Poucos-Elle-para-C&A-anos-50

Não dei nada por esse vestido, que representa a década de 50, na arara. Achei o tecido pobre e fiquei zero animada para experimentá-lo. Outra grande surpresa, ele fica muito bonito no corpo. A saia e o caimento são muito lindos. Seria um vestido curinga para a festas...

Trinta-e-Poucos-Elle-para-C&A-anos-50-detalhes

Trinta-e-Poucos-Elle-para-C&A-anos-50-detalhes-2

... Não fosse a grande cagada que fizeram ao costurar a cava que fica embaixo dos braços. Ela é muito curta, com isso o vestido não encaixa direito e veste muito mal na parte de cima. Rola um defeito no busto e não é possível levantar os braços. Esse que eu experimentei foi o 38 e ele custa R$ 199,99.

Trinta-e-Poucos-Elle-para-C&A-anos-60

Vamos ao meu queridinho da coleção, o vestido que representa a década de 60. Achei muuuuito Bonequinha de Luxo. A gola e os botões frontais deram um charme absurdo pra peça. Pensa num vestido feminino e versátil, é esse. Com qualquer sapatilha ele é um charme pro dia. Com um scarpin, ele vira um look muito charmoso e chic de trabalho ou pra sair à noite. O tecido é mais grosso, não sei se ele vai ser uma vestido muito usável no alto verão. Mas amei, amei, amei. Me arrependi de não ter comprado e devo voltar pra garantir o meu. Esse que eu experimentei foi o 38 e ele sai por R$ 159,99.

Trinta-e-Poucos-Elle-para-C&A-anos-70

Vamos ao representante dos anos 70, que foi o que mais me empolgou nas fotos. Simplesmente amo laços no pescoço. Bom, eu estava enganada mais um vez, esse vestido não é bacana. Vou começar pelos elogios ao punho dele, com botões, muito bonito e bem feito. A parte boa acaba aí, ele não fica bacana no corpo. O tecido é grosso, quente, não tem um toque agradável. O bolso é feio e foi aplicado de maneira grosseira na peça. Nem o laço salvou. Quem transpira muito PRECISA fugir dessa peça, que vai ser um forno no verão. Lembrando que ele é feito de poliéster, inimigo nº1 da transpiração. Não vale os R$ 199,99. Experimentei o 38 dele.

Trinta-e-Poucos-Elle-para-C&A-anos-80

Chegamos aos anos 80 com um vestido que não curti nas fotos. Pessoalmente ele é mais bonito, mais interessante, só que tem várias falhas de execução. A primeira é a falta de forro. R$ 199,99 por vestido sem forro me mata. Como ele tem vários zíperes, a sensação ao vestir não é bacana. Na verdade, é gelada e desconfortável. O segundo problema é o caimento. Ele faz uns bicos na lateral e engorda. Ao mesmo tempo, é bonito, o toque é gostoso e tem manga, coisa rara em vestido por aqui. Difícil... Acho que o acabamento ruim pesaria mais e eu não compraria. Experimentei o 38 dele.

Trinta-e-Poucos-Elle-para-C&A-anos-90

Peguei bode de tomara que caia. Acho que a gente erra muito na vida até entender que tipo de peça valoriza mais o nosso corpo. Tomara que caia não é a minha, definitivamente. Já devidamente livre de todas as peças desse modelo, experimentei o vestido que representa a década de 90 sem nenhuma empolgação. O modelo não é pra mim, ainda assim eu achei o mais bem feito de todos. Corte muito lindo, fenda maravilhosa, tecido bacana. Chic, básico, sensual, atemporal. A peça mais surpreendente dessa coleção. Se esse tipo de vestido fica bem em você, compre por mim, ok? Eu experimentei o 38 e ele custa R$ 199,99.

Trinta-e-Poucos-Elle-para-C&A-anos-00

Fechando com os anos 2000 e modelo tipo de vestido que eu adoro, com a saia sino. O toque dele é bem gostoso. A modelagem estava pequena, tive que experimentar o 40, e ele não é bacana. Fica esquisito no corpo, a saia é meio armada. Outro grande defeito é da cava, que faz um bico e deixa o sutiã à mostra. Definitivamente não foi bem executado e não vale R$ 199,99.

No geral a coleção me surpreendeu. Amei o conceito e torço pra que venham mais coleções que apostem em clássicos a preços acessíveis. Os vestidos são bem bonitos pessoalmente, só que têm alguns defeitos de execução e o preço fica alto por isso. O maior defeito, isso é pra prestar muita atenção, é a questão do zíper embutido. Como muitas peças são marcadas na cintura, os zíperes no geral emperravam nessa parte. Detesto peças que eu não consigo vestir sozinha. Os vestidos que deram esse problema comigo foram os dos anos 40, 50 e 00. A C&A de Copa ainda tinha muitas opções de tamanho de todos eles, a grade vai do 36 ao 46.

Me conta o que achou da coleção!! Já experimentou alguma das peças? Qual foi a sua favorita?

Comentários

Nenhum comentário foi publicado para este post. Seja o primeiro a comentar...

Instagram