≡  
05
maio
2016

Sou viciada em programas que tenham qualquer coisa de gastronomia. Reality, chatos pra comer, programas de receita, a gente topa de tudo aqui em casa. Recentemente assistimos a três filmes ligados ao tema: Pegando FogoLe Chef e Chef.

- Pegando Fogo

Trinta-e-Poucos-filmes-para-os-amantes-de-gastronomia-pegando-fogo

Sinopse: O chefe de cozinha Adam Jones (Bradley Cooper) já foi um dos mais respeitados em Paris, mas o envolvimento com álcool e drogas fez com que sua carreira fosse ladeira abaixo. Após um período de isolamento em Nova Orleans, ele parte para Londres disposto a recomeçar a carreira e conquistar a sonhada terceira estrela no badalado guia Michelin de restaurantes. Para tanto ele conta com a ajuda de Tony (Daniel Brühl), que gerencia um restaurante na capital britânica, e recruta uma equipe de velhos conhecidos.

Adoro ver o Bradley Cooper em filmes diferentes, acho que ele ele vem evoluindo muito como ator. E ainda tem um carisma absurdo.  Pegando Fogopoderia ser uma comédia romântica. Em um determinado momento eu temi isso. Não é. Também poderia ser um filme de redenção. O protagonista começa o filme derrotado e, depois de muita luta e de muitas dificuldades, ele obtém a sua vitória triunfal. Também não é isso. O filme foca no funcionamento da cozinha e no esforço de Adam pra colocar a vida nos trilhos. Siena Miller, que vem fazendo papéis inesperados, é a sous chef de temperamento difícil, que ajuda Adam nesse caminho de volta. Se você curte gastronomia, assista. Nós adoramos.

- Le Chef

Trinta-e-Poucos-filmes-para-os-amantes-de-gastronomia-le-chef

Sinopse: Alexandre Lagarde, renomado chef de um restaurante três estrelas Michelin, enfrenta a pressão do novo CEO do grupo que controla o estabelecimento. Sob a ameaça de ser substituído por um chef mais jovem caso o restaurante perca uma das estrelas, ele precisa desenvolver um menu de primavera em meio a uma crise de criatividade.

Minha maior resistência em relação ao Netflix é que ele só tem filmes velhos. Cheguei a assinar quando eu fui morar sozinha, mas enjoei no mês de degustação. Bom, nada como o tempo nessa vida, não é, minha gente? Os anos trouxeram séries maravilhosas e filmes que podem nem ser muito novos, mas são incríveis e muitas vezes não estão na programação das operadoras de TV por assinatura. Le Chef é um desses. Numa sexta à noite, resolvemos dar uma chance pra esse filme francês. E foi uma surpresa maravilhosa. Essa comédia diverte muito. Os atores são incríveis, muito carismáticos.

- Chef

Trinta-e-Poucos-filmes-para-os-amantes-de-gastronomia-Chef

Sinopse: Carl Casper (Jon Favreau) é o chef de um restaurante badalado de Los Angeles, mas volta e meia enfrenta problemas com o dono do local (Dustin Hoffman) por querer inovar no cardápio ao invés de fazer sempre os pratos mais pedidos pelos clientes. Um dia, um renomado crítico gastronômico (Oliver Platt) vai ao restaurante e publica uma crítica bastante negativa, baseada justamente no fato do cardápio ser pouco criativo. Furioso, Casper vai tirar satisfação com ele e acaba demitido. Pior: a briga vai parar na internet e se torna viral, o que lhe fecha as portas nos demais restaurantes. Sem saída, ele recebe a ajuda de sua ex-esposa (Sophia Vergara) para reiniciar a vida no comando de um trailer de comida.

Esse filme mostra mostra o conflito vivido por muitos chefs, que acabam abrindo mão de todo o seu potencial criativo para se enquadrar no modelo de negócio dos administradores / investidores de seus restaurantes. Pra completar, o filme mostra toda a paixão de Carl pela gastronomia e é gostoso de ver ele dando um jeito de continuar fazendo o que ama. Outro filme muito leve. Delicinha.

Já viu algum dos três? Me conta o que achou nos comentários. Aproveita e me indica algum filme desse tema!

Comentários

Nenhum comentário foi publicado para este post. Seja o primeiro a comentar...

Instagram