≡  
08
jan
2016

No meu próximo aniversário, dia 23 de fevereiro, eu completarei um ano praticando Yoga regularmente. Não tenho dúvidas de que essa prática foi um dos maiores presentes que eu me dei em 2015. Nesse post eu vou dividir com você as coisas mais bacanas que a Yoga me ensinou:

Rose Hill Design

1) Flexibilidade

Há um ano eu tinha a flexibilidade de uma senhora de 90 anos. A minha condição física demonstrava um pouco da minha condição emocional. Sempre fui muito radical, da turma do "ou tudo ou nada". Hoje, eu sinto que evoluí muito nesse quesito, aos poucos estou entrando na turma do meio-termo, do equilíbrio.

2) Resiliência

Uma das coisas que você aprende quando passa a praticar Yoga com frequência, é que não fica mais fácil, você é que vai se fortalecendo. O incômodo gerado por muitas das posturas não passa nunca. E você começa a aceitá-lo, ele demonstra a evolução do seu corpo, a quebra dos seus limites. Obviamente que o seu lado emocional vai sendo beneficiado junto. Os sofrimentos existem, alguns vão continuar ali. A vida não vai ficar mais fácil. Só que cada uma das dificuldades vai te fazer mais forte.

3) A importância de cuidar da minha grama

Enquanto na maioria das aulas coletivas da academia você consegue olhar pra pessoa ao lado ou pro professor pra conferir se está fazendo o movimento certo ou se está tão difícil pras outras pessoas como está pra você, na Yoga isso não é possível. Concentração e respiração são essenciais pra que você aguente o incômodo e mantenha o equilíbrio na maioria das posturas. Você olha pro professor na demonstração e faz. E vai entendendo se está certo ou errado prestando atenção às sensações corporais. É uma lição pra parar de olhar pra grama alheia. Ainda mais, que é impossível saber o nível de incômodos que a pessoa ao seu lado está aguentando pra se manter na postura. É se inspirar em alguém pra fazer certo mas, depois disso, seguir o caminho fazendo do seu jeito, dentro dos seus limites, no seu ritmo.

4) A importância da respiração

Respirar é tão banal pra maioria das pessoas, que a gente acaba esquecendo de prestar atenção e do poder dessa função tão básica do nosso corpo. Seja pra se acalmar em um momento de raiva, pra renovar a paciência quando você está prestes a entregar os pontos, uma respiração correta vai mudar muito mais do que você pode imaginar. Além dos muitos benefícios emocionais, todos os outros exercícios físicos ficam infinitamente mais fáceis quando você respira corretamente. Eu, que nunca consegui emendar mais de um mês correndo, após 6 meses de Yoga fiz 5km em uma aula de running.

5) A importância de cuidar do interior

Cuidamos do nosso corpo, perecível e finito, todos os dias. Seja das maneiras mais básicas como comer ou tomar banho, seja com exercícios e cuidados estéticos. Quanto do seu tempo você dedica pro seu interior? A meditação da aula de Yoga permite que eu entre em contato com o meu eu mais profundo. Aprendi a me escutar, me acalmar, a ser mais generosa comigo.

Bom, dá pra ver que eu me apaixonei, não é?! Além de todas as coisas boas que eu listei, a Yoga me deu um corpo mais tonificado e me ajudou a perder 9cm de abdômen. A ideia da prática não é secar, mas o uso contínuo no peso no corpo nas posições traz a redução de medidas como consequência. Durante a maior parte desse um ano eu pratiquei Yoga três vezes por semana, por 50 minutos. Hoje eu alterno essa aula com outras mais agitadas da academia, mas não deixo de fazer pelo menos uma vez na semana.

Comentários

Nenhum comentário foi publicado para este post. Seja o primeiro a comentar...

Instagram