≡  
04
jan
2016

Lembram daquela lista de metas que eu publiquei em janeiro do ano passado? Então, chegou a hora de fazer um balanço e deixar 2015 pra trás.

1 – Recolocar o aparelho fixo

Meta cumprida com louvor. O tratamento está correndo muito bem e, se tudo correr bem, até o próximo reveillón eu já estarei sem ele.

2 – Tirar a carteira de motorista

Passei na prova teórica do Detran e já estou com a carteira. As aulas práticas ficaram para quando a compra de um carro entrar em pauta aqui em casa.

3 – Aprender a nadar

Não rolou. Me envolvi com mil aulas diferentes na academia e não comecei a natação. A parte boa disso é que a frequência na academia aumentou. Foram 9 cm de cintura perdidos e a felicidade de voltar a caber em todas as minhas roupas. Devo confessar que o prazer de me exercitar finalmente foi alcançado. Passei muito tempo com receio de experimentar novas aulas na academia. A verdade é que eu sou muito estabanada e não sou das pessoas mais coordenadas. Os micos são rotina. Sou aquela que está sempre indo pro lado errado na aula de dança, sabe? E eu sempre tive pânico de errar. O grande gol de 2015 foi perder o medo do ridículo. E daí se eu só aprendo o passo na oitava repetição? Tô lá, tô tentando. Sempre me pergunto se estou gostando da aula, me divertindo. Se a resposta pra essa pergunta é sim, o resto não importa mais.

4 – Fazer um blog

Essa foi a grande viagem do meu ano. Através do Trinta e Poucos pude dividir muita coisa bacana com vocês. Vibrei com cada conquista, com cada mensagem. No final do 2015 rolou uma paradinha estratégica, pra repensar a rota e eu pude me questionar se realmente quero continuar tocando o blog. Ao contrário do que muita gente pensa e pra minha surpresa, confesso, gerar conteúdo diário de qualidade, pesquisar, colocar as ideias em prática, se preocupar com a qualidade das fotos, com a revisão do texto, com a forma de comunicação pra divulgação desse conteúdo em todas as redes que o Trinta e Poucos está (Twitter, Facebook, Instagram, Pinterest), além do email-marketing que envio a cada post pras pessoas que assinaram a newsletter dá muito trabalho. Criei um respeito enorme pelos profissionais da área e derrubei muitas crenças e preconceitos. Não é um trabalho fácil e, ao contrário do que muitos pensam, apesar do investimento baixo, não é para qualquer pessoa. Requer dedicação, exposição, muita leitura, bom texto. Sem esses itens, vi que o blog fica pelo caminho.

5 – Ler todos os livros que eu tenho em casa e depois, compartilhá-los

Essa meta não foi bem elaborada, eu deveria ter sido mais específica. Uma lista dos livros que eu tenho pra ler teria me ajudado a andar com isso. Vou aperfeiçoar pra esse ano. Como eu fiz alguns cursos esse ano, muito do que eu li era sobre Marketing e não fazia parte desse pacote. Estou tentando organizar a minha lista anual de leitura no Todoist. Listei os livros que eu tenho e ainda não li e aqueles que pretendo comprar assim que eu eu terminar a leitura dos que já estão aqui.

6 – Ficar mais consciente do caminho que o dinheiro faz depois que ele entra na minha conta

Talvez muita gente não saiba, mas 2015 foi um grande desafio na minha vida. No final de 2014, eu decidi sair de uma empresa onde trabalhei durante quase sete anos. Eu não estava feliz e quis me dar a chance de ter um período sabático. Obviamente que o planejamento financeiro foi essencial pra poder passar o ano sem arrancar os cabelos. Economizei muito em 2014 e em 2015 eu ajustei muitas coisas pra não passar sufoco. Foi uma excelente maneira de avaliar as necessidades da minha vida. Recomendo muito essa análise. A gente precisa de muito pouco, vai por mim. Aprendi a fazer as unhas em casa, jantei menos fora, comprei menos tudo. Ainda estou longe de chegar aonde eu gostaria nesse quesito. Comprei bem mais do que eu gostaria ao longo do ano, apesar de ter reduzido o volume em relação à 2014. Mas sinto que fiquei mais criteriosa. Instruções de lavagem, qualidade do tecido, local de fabricação da peça, versatilidade da peça, são fatores que passaram a ser considerados em todas as minhas compras. Apesar da limpa que eu fiz em junho, utilizando o método Konmari, fechei o ano com o armário lotado. O que me levou a um projeto extremo, que eu já fiz algumas vezes e que vai gerar um conteúdo muito bacana pro blog: vou passar seis meses sem compras. Esse projeto vai me ajudar a conquistar outras metas pra 2016 e eu vou dividir os detalhes com vocês em um outro post.

7 – Viajar mais pelo Brasil

Esse foi um ano de algumas viagens, mais do que eu esperava, na verdade. Estive em Belo Horizonte, São Paulo, Friburgo, Campos dos Goytacazes, Petrópolis e Angra dos Reis. Fiquei bem satisfeita e ainda tive uma nova passagem por Buenos Aires de bônus.

8 – Terminar os planos pós-casamento

Fiquei nos 70% dessa meta. Por inúmeros motivos, ela não foi concluída. Mas os planos pra 2016 são ousados e muita coisa vai mudar.

9 – Cursos, cursos e mais cursos

Fiz dois workshops da The School of Life: Como se preocupar menos com dinheiro e Como encontrar um trabalho que você ame. O primeiro gerou o postVamos falar de dinheiro?, você viu? Fiz o workshop do Rick Jarrow, autor do livro Criando um trabalho que você ame. E estou no meio da formação em Marketing Digital do Instituto Infnet. Fiz menos do que eu gostaria nesse item, gerenciamento de tempo é uma dificuldade que eu venho trabalhando com dedicação e que eu espero que vire uma arma para muitas realizações em 2016.

Feita essa revisão de 2015, começarei a trabalhar nas metas de 2016. O blog deu uma parada estratégica em dezembro, para que eu pudesse terminar de estudar alguns temas que estão tomando muito tempo, colocar tudo o que eu já aprendi no meu curso de Marketing Digital em prática e rever o nosso caminho até aqui. Espero continuar contando com a companhia de vocês nesse ano novo e prometo trazer muitas novidades bacanas pra esse espaço.

E vocês, costumam fazer listas de metas para o ano novo? Quais foram as conquistas mais bacanas de 2015? Me contem aqui, vai!

Comentários

Nenhum comentário foi publicado para este post. Seja o primeiro a comentar...

Instagram