≡  
25
nov
2015

Hoje é o dia do lançamento da coleção da Camila Coutinho para Riachuelo. Fui até a loja do Centro do Rio conferir a coleção e encontrei a loja vazia. Zero confusão, zero tumulto. Consegui experimentar muita coisa e aqui estão as minhas impressões:

As peças que me surpreenderam:

Esse vestido ficou maravilhoso no corpo. A estampa é MUITO mais bonita de perto. Ele é 100% viscose e sai por R$ 199,90. Se você curtiu a estampa e está disposta a pagar, essa é A peça bacana da coleção.

Essa saída de praia / túnica é de uma riqueza... Fiquei impressionada! Ela não tinha etiqueta com informações de composição e lavagem, mas me arrisco a dizer que era 100% algodão. Também estava por R$ 199,90.

Não sou fã de tops, só que esse ficou uma graça no corpo. A cara do verão. Ele é feito de 97% de algodão e 3% de elastano. Ah, e sai por R$ 79,90. Essa saia é linda demais! Ela é 100% algodão e foi feita em verde e branco. A branca não aparece na minha seleção de surpresas por ser transparente. Elas custam R$ 129,90 cada e valem o valor cobrado.

As bijouterias são bem bonitas e a qualidade estava ok. O preço estava bom, brincos e anéis por R$ 29,90. Esqueci de ver o preço dos colares...

E as decepções foram:

Essa camisa me surpreendeu na arara, toque gostoso, estampa bonita. A composição é 100% viscose e sai por R$ 129,90. Só que não curti quando experimentei, ela não tem um corte bonito. A saia é linda e só entrou nessa categoria por ser transparente. R$ 129,90 é um valor razoável, dava pra ter colocado um forro.

Já não tinha curtido essas camisetas bordadas nas fotos de divulgação. Como eu falei no post Camila Coutinho para Riachuelo, elas parecem souvenir de viagem. De perto, achei ainda mais pobres. 100% poliéster e uma textura semelhante a uma gaze. Se a gente para pra pensar que na coleção da Mixed para C&A havia camisetas 100% algodão pelo mesmo preço, R$ 69,90, a revolta fica ainda maior. A calça não me vestiu bem. Não encaixou, sei lá... Estava por R$ 129,90.

Começamos a sequência de peças terríveis e absurdamente caras. Esse top cropped pode ser comprado em qualquer feirinha por R$ 50,00. Estava por absurdos R$ 119,90 e é 100% algodão. O short foi uma decepção tão grande que é difícil descrever. Comprei um short no site chinês She Insidepor uns USD 10,00. E a qualidade era muito próxima desse, que custa surreais R$ 139,90. Apesar de ser 100% algodão, o forro é de poliéster e ele fica muito transparente.

Esse macaquinho foi uma das peças mais pobres que eu vi nessas coleções especias, do todos os tempos. Ele é tão transparente, que não fica legal nem pra saída de praia. a renda das costas é muito pobre!! Inacreditável que ele custe R$ 149,90. A composição é 100% de viscose, com forro 100% poliéster.

Essa bata foi outra grande decepção. Transparente demais, tecido ruim (100% poliéster de toque péssimo) e os bordados eram mal feitos. Estava por R$ 179,90. O short até era bonito de perto, mas é curto demais e o preço, R$ 159,90, está muito alto pra peça. Ele é 100% algodão e o forro é 100% poliéster.

Outra bata transparente demais, quente demais, sintética demais (100% poliéster de novo). Fiquei imaginando as aplicações de metal oxidando e ela toda manchada. Custa R$ 189,90.

Essa bata surpreendeu pelo material, 100% algodão, mas veste mal demais. Não encaixa direito nos ombros. Está por R$ 179,90.

O quimono é feito de um tecido macio, 100% viscose, mas muito fino. Achei comprido demais, não vestiu bem. Custa R$ 169,90.

Esse vestido foi o meu favorito das fotos da campanha e tá no top 3 das maiores decepções. Ele é tão transparente, que tive que experimentar de short. O forro é tosco, muito transparente. E a qualidade do poliéster é terrível. Está por inacreditáveis R$ 229,90!

Esse vestido era outra das peças que eu mais queria experimentar. E vestiu bem, o tecido é bacana (100% viscose). Só que por R$ 149,90, merecia um forro. Ele é tão transparente, que tive que colocar uma saia por baixo.  Talvez o verde dele não tenha esse problema...

Bordado interessante, bonito de perto. Mas a bolsa é de um tecido grosso, que parece que vai ficar russo com o tempo, sabe? Estava por R$ 189,90. Não vale mesmo.

Mesma coisa da anterior, apesar de não ser tão bonita. Estava por R$ 149,90.

A bolsa é linda, mas é de tecido. Não vale R$ 189,90. A mala é de plástico e custa R$ 399,90. Preço alto demais e a qualidade... Nem vou comentar. Fiquei imaginando o quanto duraria com o pessoal do aeroporto tratando com aquela delicadeza...

Olha, fui conferir essa coleção com uma expectativa diferente. A Camila Coutinho não começou o seu blog rica, foi ganhando dinheiro com o crescimento do negócio. E consumia produtos de marcas populares como a Riachuelo no começo. Fiquei feliz quando soube da parceria, esse é o sonho de toda mulher que ama moda. Assinar uma coleção com uma gigante como a Riachuelo é incrível. E, exatamente por isso um dia ter sido um sonho da consumidora que a Camila foi, a minha decepção foi ainda maior.

O crescimento de um blog é baseado na credibilidade que é construída com os leitores diariamente. Muito maior do que indicar um produto que você não acredita, é dizer que desenhou e colocar a cara, a reputação numa coleção com peças até bonitas, mas com uma qualidade muito ruim. Outra coisa, todas as peças foram produzidas na China ou na Índia, locais famosos pela mão de obra barata. Já que economizaram na mão de obra, poderiam ter caprichado nos materiais. É com dor no coração que digo que essa foi a pior coleção do ano.

Alguém conferiu de perto? Compraram alguma coisa? O que acharam?

Comentários

Nenhum comentário foi publicado para este post. Seja o primeiro a comentar...

Instagram