≡  
03
nov
2015

Mesmo não sendo nem de longe o maior problema que a crise do país nos trouxe, dá uma dorzinha no coração o tanto que ficou caro viajar pros States. Sim, vamos continuar indo, só que vamos ser obrigados a comprar menos. Sim, a maioria das coisas não vale mais tanto a pena. Vivemos num país onde roupa é um artigo caro. Quando a gente vai pros Estados Unidos ou pra Europa, encontramos roupas muito baratas em outlets e mercados, a preços médios em algumas lojas e caras nas boutiques de luxo. Aqui, a camada do muito barato não existe, vai do médio pra cima.

A C&A e a Renner, lojas famosas pelo apelo popular, já têm peças que cruzam a barreira dos cem reais faz tempo. O Outlet Premium chegou no país prometendo ser um centro de lojas que oferecem produtos em promoção o ano inteiro. Ele já existe em São Paulo há 5 anos e eu sempre tive curiosidade para conhecer. No último dia 22 de outubro, foi inaugurado o Outlet Premium do Rio de Janeiro. Como já íamos viajar nesse feriado de finados e no retorno passaríamos na porta, resolvemos parar pra conhecer.

À primeira vista o local parecia lotado, porém, não encontramos dificuldades pra estacionar. De cara, encontramos um ponto de encontro de food trucks. As mesinhas até eram fofas, só que com algumas exceções era tudo meio tosco. Por fora, o outlet parece um shopping como outro qualquer. Por dentro, ele é a céu aberto, bem espaçoso, com lojas enormes.

Já estávamos cientes de que muita coisa não estaria aberta, na verdade, a maior parte das lojas. Como chegamos às 13h e fome já estava batendo, combinamos de dar uma volta pra ver em quais lojas gostaríamos de voltar depois do almoço. E aí estava o problema... Na teoria, o local conta com uma praça de alimentação, com os seguintes restaurantes: Bob’s, Vivenda do Camarão, Côco Bongo, Spoleto, Koni e Domino’s Pizza. Além dessa praça, os visitantes teriam o restaurante Frontera como opção. Teriam. O que nós encontramos, 10 dias depois da inauguração, foi inacreditável. Só o Vivenda do Camarão e o Bob’s estão funcionando. E o Bob’s estava... sem comida!! Isso mesmo caro (a) leitor(a), não tinha co-mi-da. A atendente me disse que eles não esperavam tanta gente, só que o local não estava nem perto de estar lotado. Não gosto do Vivenda e, ainda que gostasse, eu passaria no mínimo 30 minutos na fila. Deu muita raiva, vontade de ir embora na hora.

Mas não sem antes te dar uma noção do que esperar do local. Acredito que nem metade das lojas estejam abertas no momento. Até o começo de dezembro, já pensando no Natal, a maior parte delas deverá ser inaugurada. Do que já existe lá, o nosso plano era visitar a AD (pelo que vimos, eles parecem oferecer uma variedade imensa de peças, por preços bem razoáveis. Até terno eles vendem por lá), a Estoque (que vende peças das marcas Rosa Chá, Le Lis Blanc, Le Lis Blanc casa, John John e Bôbo), Hering (que vende todas as linhas da marca, incluindo a Hering for you), a Home & Cook (de coisas pra casa), a Lacoste, a Nike, a Wöllner (tinha camiseta de R$ 59 na vitrine), a Under Armor e a Sunglass Hut. Só que a fome foi maior, não rolou. Visitamos a Home & Cook e a Estoque.

A Home & Cook não parece uma loja outlet, achamos tudo bem caro. Acho absurdo você abrir uma loja num outlet pra cobrar mais caro do que as pessoas normalmente pagariam pelos produtos. Dá só uma olhada nesses exemplos:

A Chopeira Heineken, modelo B100, capacidade 5L, estava por R$ 809,90 na Home & Cook. Numa pesquisa rápida, achei por R$ 699,00 no site do Ponto Frio. Já o liquidificador Arno, modelo PR LN 48 estava por R$ 139,90. No site do Ponto Frio, sai por R$ 118,12.

Isso nos leva a um alerta, atenção aos preços. Não é porque a loja está num outlet, que ela vai ter produtos mais baratos. Sempre que possível, faça uma pesquisa pelo celular mesmo, pra garantir que você não compre gato por lebre. Planejar os produtos que deseja comprar e ter noção dos seus preços médios são dicas pra que você economize de verdade.

Já a Estoque é uma loja que merece uma visita longa. A bagunça é grande e você vai ter que garimpar. Nos 20 minutos que fiquei por lá, achei bolsas bordadas lindas, por cerca de R$ 71,00. A parte dos jeans merece uma olhada carinhosa. Numa passada de olho eu achei vários shortinhos, com lavagens incríveis, na faixa de R$ 81 a R$ 101,00. A qualidade era ótima e o valor está na faixa do que a Renner e a C&A estão cobrando!

Das lojas que ainda não abriram, mas que me deixaram curiosa, destaco:

1 - Tommy Hilfiger - parada obrigatória em viagens pros EUA, eles sempre têm alguma boa opção pra quem trabalha de roupa social. Resta saber qual vai ser a faixa de preços praticada;

2 - My Place - a marca oferece boas opções de vestidos e macaquinhos e não é das mais caras normalmente. Pode ser uma fonte de excelentes achados;

3 - Diesel - nos EUA os jeans são vendidos em outlets na faixa de USD 80,00 a USD 100,00. Se cobrarem R$ 400,00 na média por calça, vai ficar puxado;

4 - Rosa Chá - já é possível encontrar peças da marca na Estoque. Ainda assim, eu fiquei empolgada com uma loja só dela. Garantia de achados cheios de estilo a bons preços;

5 - Coach - nunca consegui comprar uma bolsa da marca nos outlets americanos. A sensação (quase certeza) é de que eles têm uma linha B, com design bem caído, só pra vender em outlets. Só que a Ana Soares, doHoje Vou Assim Off postou uma foto de uma das bolsas mais famosas da marca, por menos da metade do preço. Se for assim, vai ser um excelente lugar pra comprar uma bolsa de qualidade, pagando um valor na faixa do que a Schutz cobra;

6 - Adidas - ansiosa pra ver quais serão os preços praticados e se eles vão oferecer a linha Originals;

7 - New Balance - os tênis casuais da marca são incríveis, mas caros. Torcendo pra achar boas opções por lá.;

8 - Bobstore - Meu primeiro emprego foi na Bobstore. Tenho um carinho enorme pela marca. Os jeans, as blusas de seda e os acessórios são incríveis;

9 - Asics - Já tive tênis de corrida de várias marcas e nenhum se compara aos da marca. Só que custam um rim. Torcendo pra encontrar uns bacanas por lá.

Além dessas marcas acima, tem a Kipling, com suas nécessaires incríveis (cheias de compartimentos) malas, bolsas pra academia... Todas essas marcas acima já estão confirmadas. Pra ficar melhor, só abrindo mais duas que estão presentes do Outlet Premium de São Paulo, a Farm e a Forever 21. Infelizmente não foi possível ter uma noção muito boa de preços nessa visita, mas planejo voltar no começo de dezembro, pra ver tudo com mais calma e com todas as lojas abertas, espero.

Em relação à localização, o outlet fica em Duque de Caxias. Achei a área pouco sinalizada e o entorno pouco seguro. Saímos do local umas 14:30h e demos de cara com policiais com metralhadoras. Com certeza, só voltarei de manhã, pra sair cedo de lá.

Ah, a Ana Soares, do Hoje Vou Assim Off, passou o dia no de Outlet Premium de São Paulo e me deixou bem esperançosa em relação ao futuro da rede outlet no Rio.

Onde Fica:

Rodovia Washington Luís, KM 109
(Próximo ao Arco Metropolitano)
Duque de Caxias - Rio de Janeiro

Horário de Funcionamento:

Todos os dias das 9h às 21h

Alguém já foi? Me conta nos comentários!

Comentários

Nenhum comentário foi publicado para este post. Seja o primeiro a comentar...

Instagram