≡  
27
out
2015

Sim, a C&A vai lançar mais uma collection. Não, eles não deram nem uma mês pra gente se recuperar do lançamento da coleção da Adriana Barra. Como novembro está chegando e com esse mês, a primeira parcela do 13º de muitas pessoas, preparem-se, vai ser um lançamento atrás do outro. O próximo vai ser o da coleção feita em parceria com um dos estilistas britânicos mais renomados e famosos, o Matthew Williamson. Quem? Foi a minha primeira pergunta.

 

Sou leitora voraz de revistas de moda desde a adolescência, mas não lembro de já ter ouvido falar dele ou de ter visto alguma criação sua que tenha me marcado. Li que ela foi muito citado em Gossip Girl. Como eu não acompanhava a série...Sendo assim, o meu dever de casa era:

1 - Descobrir quem ele é;

2 - Pesquisar algumas de suas criações, pra ter uma base de avaliação pra parceria dele com a C&A.

Bom, se você está de braços dados comigo nesse desconhecimento, aqui vai um breve resumo de seua trajetória:

Matthew Williamson tem 44 anos e nasceu em Manchester, Reino Unido. Ele se formou em estilismo de moda e impressão têxtil na St. Martins Schoole trabalhou como freelancer pra Marni. A marca de luxo do estilista foi criada em 1997 e as cores exóticas, mais o corte de seus vestidos foram as características que contribuíram para o seu sucesso. Desde 2002, o estilista desfila as suas coleções na NYFW, o que trouxe ainda mais projeção e contribuiu para a abertura de sua primeira loja em Londres, em 2004. De 2005 a 2008 foi o responsável de criação da marca Pucci e, após esse período, voltou a se dedicar exclusivamente à sua marca. Em 2008, ele ganhou o prêmio “designer tapis rouge” (designer tapete vermelho) no British Fashion Awards. Atualmente, ele possui quatro lojas (Londres, Nova York, Dubai e no Kwait) e tem as suas criações distribuídas em 170 multimarcas ao redor do mundo.

Fonte: PureTrend

Dito isso, vamos agora conhecer algumas de suas criações, que estão à venda em multimarcas como a Net-a-Porter:

Achei o vestido longo bem bonito. Apesar da cor forte, a estampa é discreta e chic. Agora, o precinho... Ela lindeza sai por USD 4.098,00 no Net-a-Porter. Não curti muito esse segundo, não. Acho esse modelo de vestido de manga com cara de saída de praia... kkkkkkk A cor, devo confessar, é di-vi-na!. Ele sai pela bagatela de USD 3.152,00. O terceiro, curto em tons de azul e verde é lindo. Ele custa USD 5.230,00. Por último, o azul de mangas longas. Também não curti... O precinho dele é USD 2.518,00.

Amei a estampa da camisa, mas ela em si, eu não curti. Sai por USD 1.347,00 no Net-a-Porter. As saias são bonitas e seguem a faixa de preços da marca, saindo a USD 2.381,00 e USD 4.040,00, respectivamente.

Agora que sabemos mais sobre a história de Matthew Williamson e que conhecemos algumas de suas criações, já podemos falar sobre a coleção que será lançada pela C&A, que já teve algumas fotos divulgadas.

 

Não curti os acessórios e fiquei assustada com os preços. Só vendo de perto pra saber se a qualidade justifica valores tão elevados. A sandália gladiadora, tendência fortíssima da primavera-verão, é interessante. O preço tá na faixa dos praticados pela Via Mia, resta saber se o material utilizado é couro.

As blusas estilo boho de mangas compridas são interessantes, resta saber se o material é fresco. Calor do Rio de Janeiro e manga comprida em blusa de poliéster não combinam. A blusa preta com bordados na barra é bem bonita, assim como as regatinhas de alças finas. Sendo que essas regatinhas poderiam se encontradas em qualquer coleção da própria C&A. Bonitinhas, só que feitas pra encher linguiça. Não curti essas duas últimas, a preta feita de linha e a rosa com babados na barra. Achei os preços razoáveis, com exceção da blusa bordada. Resta saber se o trabalho dela justifica esse valor.

Dessa leva de partes de baixo eu só curti as peças estampadas. Tô curiosa pra ver o caimento e o material. R$ 159,99 pra uma saia de poliéster lisa é puxado, mesmo que ela seja longa...

O macacão e o vestido longo são bonitos. Pra quem terá casamentos pela frente, vale experimentar o longo com carinho. Mesmo que o preço seja elevado pra esse tipo de coleção, ainda é mais barato do que encontraríamos em outras lojas. Não gostei dos curtos de renda. Pode ser que eu mude de opinião ao vivo, mas pela foto a renda parace bem feia. Não sou muito fã de rosa e achei o modelo bem pobrinho pro valor. Os macaquinhos curtos são fofos.

Desses vestidos eu só curti os pretos de barra bordada. Não gostei dos modelos, nem das cores, nem das estampas dos outros.

É aquilo, nada como ver as peças pessoalmente. Achei que a maior parte da coleção está coerente com o que é oferecido pelo estilista em sua marca. Na próxima terça-feira, eu estarei no lançamento e vai rolar um post com as minhas impressões por aqui. As minhas expectativas estão bem baixas em relação a essa coleção. Apesar de ter gostado bastante de algumas blusas, teremos uma coleção da Mixed pela frente, gente. Foco! Rsrsrsrs Ah, pra quem curtiu e gosta de garantir as peças mais cedo, o lançamento da coleção do Matthew Williamson para a C&A na loja virtual da fast fashion será à meia-noite da próxima quinta-feira. Quem prefere avaliar tudo ao vivo, vai ter que esperar pela próxima terça-feira, 03/11, data em que a coleção estará disponível nas lojas físicas selecionadas da C&A.

Quero saber a opinião de vocês... Curtiram a coleção? Estão pensando em comprar alguma coisa? Conta aqui nos comentários, vai!

Comentários

Nenhum comentário foi publicado para este post. Seja o primeiro a comentar...

Instagram