≡  
05
ago
2015

Quem me conhece sabe da minha enorme paixão por bolsas. Não ligo pra carros, roupas caras, sapatos. Só bolsas me fazem suspirar de verdade. E ao longo da vida, fui criando uma lista mental das bolsas que mais tocaram o meu coração. Algumas já moram na minha casa, outras ainda estão na fase da paquera.

Por amar tanto bolsas, a qualidade do material passou a ser critério nº1 um para comprar uma. Muitas vezes na vida apostei em peças mais baratas e sofri quando tive que me despedir, já que elas ficaram desgastadas muito rápido. Por isso, eu acabei mudando a minha forma de comprar bolsas. Optei por ir juntando dinheiro e só gastar quando encontrasse uma que eu amasse e que eu já tivesse várias referências atestando sua qualidade.

Essa estratégia foi se mostrando muito acertada ao longo do tempo. Tenho bolsas que comprei há mais de três anos, época em que resolvi começar a investir mais nesse item, usei horrores e estão novas. Como eu estou sempre pesquisando as novidades, visitando as minhas favoritas pra suspirar um pouco e amo listas, estou sempre imaginando quais serão as próximas. Ontem mesmo eu estava montando uma e resolvi compartilhar essa lista com vocês.

1 – Noé NM, Louis Vuitton

As buckets bags / bolsa saco voltaram e não devem mais sair de cena. Quer bolsa mais feminina e prática? Dá pra jogar tudo dentro e ela ainda fecha, evitando que as coisas caiam se a bolsa virar. Amo as bolsas de monogramas da LV, esse é o tipo de estampa que combina com tudo. Com essa alta do dólar, o preço das bolsas subiram um pouco aqui. Mesmo assim, continua compensando comprar no Brasil, comparando com o Estados Unidos. Pra vocês terem uma ideia, esse modelo sai mais de R$ 1.000,00 mais barato aqui. Ah, e as compras podem ser parceladas!! Na Europa continua sem bem mais barato. Quem estiver indo pra lé, pode comprar sem medo, ainda tem o tax free.

2 – Bucket Bag, Mansur Gavriel

Sim, outra bucket bag / bolsa saco. Sou louca por esse modelo e ainda não consegui comprar uma de um tamanho médio, já que não gosto desse tipo de bolsa muito grande. A vantagem dessa bolsa em relação à primeira colocada dessa lista é o valor, custa a metade do preço. A desvantagem? Por ser de um material incrível, bem acabada, linda e básica, é uma tarefa muito difícil conseguir uma. Todas as bolsas da marca estão sempre esgotadas e você só consegue comprar por encomenda. Sendo que eles demoram pra entregar. Tentei comprá-la em todas as últimas vezes que fui pros EUA, mas ela estava esgotada. Sigo desejando...

3 - Classic Q Hillier Hobo, Marc by Marc Jacobs

A Marc by Marc Jacobs foi a marca da minha primeira bolsa-investimento. Comprei em Las Vegas, em 2012, e ela ainda está novinha em folha. Assim que eu conheci as bolsas da marca, pirei com três modelos, que passaram a ser os meus favoritos. Atualmente, tenho dois deles e não pensava em comprar outro tão cedo. Só que no começo desse ano soube a marca vai acabar e fiquei arrasadar. Tô desejando muito esse modelo, pra fechar o meu trio perfeito e sofrer menos com o fim. Ah, quase esqueci de falar do couro. Gente, que couro mais macio!!! A marca vai fazer MUITA falta.

4 - Soho Leather Chain Shoulder Bag, Gucci

Um dos meus desejos já realizados no quesito bolsa foi a Gucci Soho Disco Bag. Foi a minha segunda bolsa bem cara (a primeira foi a Speedy 30, da Louis Vuitton) e achei que foi mais bem sucedida que a primeira em dois quesitos, ferragens e praticidade. Uma das características de uma Louis Vuitton verdadeira é que as ferragens oxidam. Algumas pessoas acham um charme, mas eu não fiquei muito feliz quando descobri isso, não. As ferragens da Gucci são banhadas a ouro e não escurecem de jeito nenhum. Quando menciono a praticidade, me refiro ao tamanho, ela é pequena e espaçosa, ao mesmo tempo, e à alça, que permite que ela seja carregada nos ombros de lado ou transpassada. Amei tanto a que eu tenho, que coloquei essa versão maior e com alças de corrente na lista.

5 - Saumur MM, Louis Vuitton

Sim, mais uma da Louis na lista. Amo o modelo carteiro e desejo essa bolsa há uns 15 anos. Acabo sempre passando outras na frente, já que esse modelo é mais caro e despojado. Toda vez que me vê paquerandi ela, o meu marido brinca que eu vou virar o "Jaiminho, o carteiro" (do Chaves). Essa já não nem paixão mais, é amor. Um dia ela virá.

6 - Classic City Bag, Balenciaga

Simplesmente amo essa cara de couro gasto das bolsas da Balenciaga. Esse modelo é cheio de detalhes lindos como as franjas nos zíperes, o pespontado nas alças e o bolso na frente.

7 - Drew Medium Chain Shoulder Bag, Chloe

A Chloe, que virou uma máquina de bolsas desejo nos últimos anos, se superou com esse modelo. Feminino, diferente, chique... Mil suspiros pra essa lindeza.

8 - Crossbody - Le Pliage Heritage, Longchamp

A minha amada Longchamp surpreendeu com esse modelo, bem diferente dos outros que a marca já lançou. Achei que ele lembra um dos modelos da linha Rockstud, da Valentino. No entanto, vejo duas vantagens no modelo da Longchamp: preço, já que custa cerca de um terço da prima italiana e atemporalidade, já que a ausência de tachas faz desse modelo um clássico.

9 - Antigona Medium Satchel Bag, Givenchy

Apesar dos modelos estruturados não serem os mais confortáveis pra carregar, tenho loucura por esse modelo. Chique e atemporal.

10 - Rockstud Medium Tote, Valentino

Valentino é a minha marca favorita do universo. Babo com tudo, roupas, sapatos e bolsas, claro. Ela linha Rockstud me conquistou pelas tachas aplicadas, detalhe que eu amo em bolsas. Meu modelo preferido é esse, por caber a vida, fator importante pra mim.

Quais são as suas bolsas favoritas? Conta pra mim nos comentários.

Comentários

Nenhum comentário foi publicado para este post. Seja o primeiro a comentar...

Instagram