≡  
24
abr
2015

Comer é o nosso programa favorito. Reunir os amigos e ir a um bom restaurante ou fazer alguma coisa em casa, sem pressa, é um grande programa. Ontem, feriado no Rio de Janeiro, foi dia de seguir a indicação da minha querida professora, Lou Sodré, e conhecer o restaurante Casa do Sardo, em São Cristóvão. A casa foi criada por dois italianos, os chefs Silvio Podda e Paolo Di Bella, em março de 2012. A proposta deles é oferecer pratos saborosos e autênticos, com ingredientes frescos e preço honesto (raridade na nossa cidade, vamos combinar). Após algumas pesquisas, que nos deixaram cientes da fila diária que se forma na porta do local, resolvemos chegar por volta do meio dia e meio. Ainda assim, encontramos uma espera de seis mesas! Esperamos por cerca de trinta, quarenta minutos.

Ao entrar, Fiquei feliz em ver a decoração, bem fiel às origens dos donos. Eu estava entrando em uma legítima trattoria italiana, com as toalhas quadriculadas nas cores vermelho e branco e tudo.

Começamos pedindo um vinho, Lauca, R$50 a garrafa, e partimos para as entradas. Escolhemos o Spuntino Sardo, que é um couvert que vem com presunto de parma, mortadela italiana, grana padano 12 meses, grana negra 18 meses, pecorino sardo 100% e fatias de pão da casa. Você pode escolher entre porções para duas ou quatro pessoas. Como estávamos em seis, optamos por uma porção para quatro, já que queríamos experimentar mais uma entrada. Esse couvert foi a única derrapada da tarde. Achei bem mal servido para os R$ 40 cobrados. O mínimo seria oferecer 04 unidades de cada item e ainda assim, eu acho pouco para o valor.  Mas estava muito bom, todos os itens frescos. Pra terminar a fase das entradas, pedimos bruschettas. Quem conhece e gosta da Bruschetteria, que fica no Leblon, vai se apaixonar por esse restaurante. Enquanto no Leblon você pagaria R$ 8 em uma bruschetta Pomodoro (cobertura de cubos de tomate fresco temperados com alho manjericão e azeite), no Casa do Sardo custa a metade do preço, R$ 4. Com uma vantagem, no Leblon seria impossível comer sem quebrar o meu aparelho, coisa que não aconteceu ontem. O pão veio tostado, mas macio, muito saboroso. Comemos também a bruschetta de mozzarella di búfala (cobertura de mozzarella de búfala, temperada com azeite e orégano), que estava di-vi-na.

Em relação aos pratos, você vai encontrar para todos os gostos e bolsos. Um Spaghetti alla Cabonara, escolha do meu cunhado (incrível, diga-se de passagem), saiu por R$ 28,00. Justo, justo, justíssimo!! Nós (eu e o meu marido) optamos por pratos com frutos do mar, pra lembrar na nossa lua de mel na Costa Amalfitana. Eu escolhi um Risotto 4 Mori (Rio negro com camarão VM, aspargos, tomate cereja e camarão VG), R$ 52. Apesar de ser um pouco picante, o prato é delicioso e muito bem servido. Eles já podem dar um aula para os restaurantes da Zona Sul, que brincam de servir frutos do mar e, quando o prato chega, você precisa de uma lupa para contar os cinco camarões servidos. Além do camarão VG, o prato vem com bem mais de dez camarões, num tamanho bem razoável. Já o meu marido escolheu um Spaghetti Fantasia di Mare (Spaghetti com camarão VM, camarão VG, polvo, lula, vongole e mexilhão), R$ 55, que também estava divino e muito bem servido.

Pra fechar, nossos amigos pediram uma Panna Cotta, linda (não amei, mas sou mais fã de sobremesas que levam chocolate e doce de leite) e nós comemos o melhor Petit Gateau com sorvete da vida, R$ 12.

Restaurante aconchegante, atendimento de qualidade e comida boa, a receita perfeita que explica o sucesso da casa e que fez o nosso feriado mais feliz.

Recomendo muito a visita!

Casa do Sardo

www.restaurantecasadosardo.com.br

Segunda à sabado: das 11:30h às 23h

Domingo: das 11:30h às 16h

Cartões de crédito: Mastercard, Visa e Dinners

R. São Cristóvão, 405 - São Cristóvão, Rio de Janeiro - RJ, 20940-001
(21) 2501-9848

OBS: Eles fazem reserva e ainda têm um serviço delivery de pizza!

Comentários: 2

Instagram