≡  
10
abr
2015

Descobrir novos lugares para comer ou tomar um bom café é um dos nossos grandes hobbies (meu e do meu marido). Pra nossa sorte, o bairro em que moramos, Botafogo, está lotado de lugares legais recém-inaugurados. Nós visitamos dois deles recentemente: o empório gourmet Le Dépanneur e o The Boua – Kitchen Bar. Os dois são de facílimo acesso, ficam ao lado do metrô.

Visitamos o Le Dépanneur hoje. A ideia era fazer um lanche/jantar. Já tinha ensaiado uma visita, em um dia que fui almoçar com uma amiga, mas não gostei do sistema deles de almoço, em que você paga por cada item que quiser no prato. Acho esse sistema péssimo para almoço executivo. R$ 20,00 na carne, se quiser uma salada, mais R$ 15,00... E, detalhe, não servem arroz nem feijão. Acabamos almoçando em outro lugar. Hoje, finalmente, conhecemos o local. O ambiente é supergostoso, você pode ficar no salão ou na varanda. Ficamos na varanda e foi muito agradável. O lugar é uma mistura de restaurante, café e delicatessen, ainda nessa onda gourmet que contaminou o Rio. Começamos pedindo um café expresso grande e um sanduíche chamado Villa Marie, feito de pão ciabatta, salame, queijo bola, cream cheese, pepino em conserva e rúcula. Ambos estavam deliciosos.

Fechei com uma palha italiana, que estava sensacional (muito macia e docinha). O valor da conta não foi dos piores, não. Acredito que teríamos gastado mais comendo no Bibi Sucos. Recomendo!

 Rua Voluntários da Pátria, 86, loja A, Botafogo, tel: 2537-5250. A casa tem 40 lugares e funciona diariamente, das 7h/23h.

Já fui no The Boua três vezes, uma à noite, para comemorar o aniversário de uma amiga, e outras duas no almoço. Adorei todas as visitas ao local. Começando pelo visual do lugar, que é muito bacana! Passando pelo atendimento, todos os funcionários que me atenderam foram muito gentis. E, é claro, pela comida.

Na minha visita noturna, experimentei petiscos como os dadinhos de tapioca com queijo coalho e ceviche com chips de batata doces. Eles foram unanimidade na mesa, deliciosos. Para beber, pedimos uma jarra do drink Clericot, feito de espumante, cointreau, cardamomo, limão siciliano e morango. É um drink refrescante, leve. Muito bom! De sobremesa nós pedimos os mini churros, com calda doce de leite e ovomaltine crocante. É gostoso, mas doce demais até pra mim (sou louca por doces). Achamos o preço meio salgado, é mais um lugar que vai na vibe gourmet e cobra um preço alto por porções pequenas. Ah, parte importante que eu quase esqueci de mencionar, o lugar tem 11 torneiras de chope. Cinco são fixas, duas da marca nova-iorquina Brooklyn, duas da alemã Paulaner e uma da Delirium. As outras seis torneiras alternam rótulos nacionais e internacionais.

Nas vezes em que fui almoçar lá, alternei apenas a carne. Um dia eu comi frango grelhado e no outro, pedi filé mignon. O acompanhamento era salada de penne ao pesto. Achei tudo muito saboroso, bem temperado.

Rua Nelson Mandela, 100, loja 108, Botafogo, tel: 3083-7420

A casa tem 200 lugares e o segundo andar, que conta com uma mesa de sinuca, pode ser reservado para eventos, nesse caso com consumação mínima.

Funciona todos os dias, das 11h às 2h.

Os preços surpreenderam, o almoço sai em média R$ 30,00. E eles oferecem pratos muito bacanas como opção. Fiquei de olho em um risoto com camarão, que saía por R$ 28,00. Recomendo demais, amei o lugar!!

Comentários

Nenhum comentário foi publicado para este post. Seja o primeiro a comentar...

Instagram