≡  
09
abr
2015

Quem me conhece sabe que eu tenho loucura por parques de diversão. E se tem um lugar que eu não canso de ir, esse lugar é Orlando. Cada visita tem a sua magia, a cidade está sempre se reinventando, todo ano são inauguradas novas atrações. A diferença em 2015, é que as principais novidades não estão no eixo Disney/ Universal, mas na International Drive. Acompanhem comigo as novidades da terra da diversão para esse ano:

I-Drive 360 – Essa será, sem sombra de duvida, a grande novidade de Orlando em 2015 e ficará no coração da cidade, na Internacional Drive. Esse novo complexo de entretenimento, cuja inauguração será no dia 04 de maio, contará com restaurantes, lojas, bares, uma roda gigante de 120 metros de altura – Orlando Eye, o museu de cera Madame Tussauds e um grande aquário, o Sea Life Aquarium.

A Orlando Eye receberá 450 passageiros por vez, distribuídos em suas 30 cápsulas. Para ajudar os visitantes a entrarem no clima, antes de andarem na atração, eles assistirão a um filme 4-D. A experiência completa terá a duração de 30 minutos. Já o Sea Life Aquarium, vai contar com mais de 5000 espécies de animais e com um túnel com visão de 360 graus do aquário. Pra completar o trio, o I-Drive 360 terá também o Madame Tussauds, o museu de estátuas de cera de celebridades mais famoso do mundo.

Os ingressos para as três atrações poderão ser comprados junto com o ingresso da LEGOLAND por USD 99 para adultos ou USD 94 para crianças. O ingresso para uma atração custará USD 25 para adultos, USD 20 para crianças; para duas atrações, USD 39 adultos e USD 34 crianças; e para três atrações, USD 49 para adultos e USD 44 para crianças. Pacotes VIP’s estarão disponíveis e incluirão champanhe ou até uma cápsula exclusiva para você e seus convidados. O estacionamento é gratuito e haverá um shuttle para o LEGOLAND.

O I-Drive 360 também oferecerá diversas opções de restaurantes, o Carrabba’s Italian Grill (comida italiana), o Yard House (cervejaria e restaurante), o Outback  (esse dispensa apresentações!) e o  Tin Roof (menu eclético e música ao vivo) já estão abertos. Além deles, o Buffalo Wild Wings (especializado em asas de frango e com temática esportiva), Naru Restaurant & Sushi Bar (culinária japonesa), Paramount Fine Foods (comida árabe), Shake Shack (hamburgueria – melhor do mundo!), Sugar Factory (doceria) e Toca Boca (culinária espanhola) estarão disponíveis até a abertura do complexo.

Downtown Disney – esse complexo de entretenimento da Disney está em obras que, quando forem concluídas, dobrarão o número de lojas, restaurantes e atrações. Outra grande mudança dessa área será de nome, Downtown Disney passará a se chamar Disney Springs. A inauguração da expansão será feita em fases, começando em 2015.

Hollywood Studios – A mudança mais visível e, em um primeiro momento, triste, é o fim do chapéu que o Mickey usou no filme Fantasia, que era o símbolo do parque. Além disso, o parque será renomeado, mais uma vez (o nome anterior do parque era MGM Studios, e foi trocado ao fim do contrato da Disney com o estúdio). O novo nome ainda não foi revelado. O fato é que esse ano vai ser mais uma etapa de reestruturação desse parque, sem grandes inaugurações. Já existem rumores, que indicam que mudanças estruturais serão feitas antes das novas atrações, para que seja possível receber mais visitantes, como a mudança da entrada para outro ponto do Hollywood Studios. É possível que duas novas áreas sejam inauguradas no futuro, uma da Pixar e outra do Star Wars.

Busch Gardens - em 1º de fevereiro desse ano, o parque fechou a montanha-russa de madeira Gwazi. A atração contava com duas rotas opostas, que eu diversos momentos faziam com que os carrinhos se encontrassem. E já vinha apresentando problema há algum tempo, era comum que uma das rotas estivesse fora de operação.  O parque ainda não anunciou qual atração ocupará esse espaço. Deixou saudades 🙁

Para 2016...

Island of Adventures – As obras já estão rolando, mas não houve até o momento o anúncio oficial da nova atração, que deverá ser baseada no filme King Kong . O filme já teve uma atração no espaço que hoje é ocupado pela montanha-russa “O retorno da Múmia”, que fechou em 2002. A atração está sendo construída entre as áreas do Jurassic Park e as Ilhas Toon Lagoon. Ainda não foi anunciada a data de inauguração, mas o fato de que os estúdios lançarão um novo filme do King Kong em 2016 pode ser uma pista.

Epcot - a atração Soarin ganhará o seu terceiro teatro. É cruzar os dedos para essa expansão resolver o problema da fila, que é sempre imensa! Mas o auge de 2016 para o parque será a inauguração das atrações baseadas no filme Frozen. A primeira já começou a ser construída e ocupara o lugar da Maelstrom, no pavilhão da Noruega (carrinho no formato de um barco viking, sobre trilhos, que passava por cenários que contavam uma história). Muito provavelmente, a ideia da nova atração será próxima da que já estava no local, só mudando a parte visual, incluindo elementos do filme. Além dessa atração, o Epcot ainda está construíndo o reino de Arendelle, onde os visitantes poderão encontrar e tirar fotos com a rainha Elsa, a princesa Anna e com o boneco de neve Olaf.

Hollywood Studios -  a atração Midway Mania, baseada no filme Toy Story, é uma das mais disputadas de todo o complexo Disney, sendo quase impossível conseguir um Fast Pass. A expansão, assim como a do Soarin, também visa receber mais visitantes e reduzir as filas.

Busch Gardens - uma nova montanha-russa chegará ao parque em 2016. Ainda não existem muitas informações sobre o projeto, mas a atração Serengeti Railroad (aquele trem que dá a volta no parque) já foi fechada e o seu trajeto será alterado para abrir espaço para a novidade. É provável que essa montanha-russa seja para a família, nada radical.

Comentários

Nenhum comentário foi publicado para este post. Seja o primeiro a comentar...

Instagram